Curiosidades e Espécies de Orquídeas

Espécies-de-orquídeas

Existem mais de 36000 espécies de orquídeas encontradas na natureza, sendo cerca de 2000 naturais do Brasil.

Além dessas espécies naturais, ainda existem centenas de milhares de híbridos criados em laboratórios.

E esse número aumenta a cada dia.

Todas espécies são separadas em mais de 1800 gêneros, dependendo de suas características.Uma explicação simples: Imagine que as espécies de orquídeas são como cachorros e os gêneros são como as raças de cachorros.Ou seja, eles foram feitos para agrupar semelhantes.

Os gêneros de orquídeas também podem ser chamados de:

  1. Tipos de orquídeas: por isso, se alguém te perguntar qual o tipo de sua orquídea, saiba que provavelmente está perguntando qual o gênero de sua orquídea.
  2. Classificações inferiores das orquídeas: é uma hierarquia, ou seja, a classificação orquídea é algo mais genérico e quando vamos nos aprofundar, os gêneros são as classificações inferiores das orquídeas.
HIERARQUIA-1

Tipos de Orquídeas

Tipos-de-orquídeas

As principais orquídeas são aquelas plantas que são mais comumente vendidas em lojas especializadas em orquídeas.

Os tipos de orquídeas listados abaixo são os mais comuns e fáceis para se cultivar:

Esses gêneros normalmente são de fácil cultivo e também provavelmente são híbridos, o que na maioria das vezes vai facilitar ainda mais o seu cultivo.

Se você ainda é iniciante, eu recomendo que primeiro escolha uma variedade de orquídea que seja de fácil cultivo.

Ao escolher uma orquídea assim, você não terá dores de cabeça e vai conseguir facilmente ter orquídeas floridas em seu jardim, apartamento ou em sua casa.

As plantas listadas acima, além de serem resistentes, também são muito famosas.

Dessa maneira, fica fácil encontrar informações sobre elas na internet.

Espécies De Orquídeas

Orquídeas-classificação

Existem uma infinidade de orquídeas no nosso planeta e, por isso, falar sobre todas as espécies, seria algo inviável.

Abaixo estão algumas das principais espécies de orquídeas e elas serão separadas da seguinte maneira.

  • Principais espécies de orquídeas
  • Espécies brasileiras
  • Espécies raras

E os links abaixo vão te ajudar a saber mais sobre outras espécies.

Lembre-se novamente da hierarquia, as espécies ficam 1 hierarquia abaixo dos gêneros, dentro de um gênero, podem existem diversas espécies.

HIERARQUIA-2

Principais Espécies de Orquídeas

Dentre as mais de 36000 espécies de orquídeas, as listadas abaixo são algumas das mais famosas e conhecidas:

  1. Phalaenopsis violacea
  2. Cattleya intermedia
  3. Cattleya walkeriana
  4. Vanda coerulea
  5. Paphiopedilum rothschildianum
  6. Dendrobium phalaenopsis (denphal)
  7. Orquídea bambu (arundina)
  8. Catasetum barbatum
  9. Dendrobium nobile

Essas são apenas algumas das várias espécies extremamente famosas entre os orquidófilos do Brasil e do mundo.

Espécies Brasileiras

Orquídeas-Brasileiras

Atualmente já foram descobertas mais de 2000 espécies de orquídeas brasileiras.

Uma boa parte dessas plantas são terrestres e não são muito cultivadas, mas também existem aquelas espécies que se destacam por sua beleza.

Por exemplo:

  1. Cattleya walkeriana: também conhecida como a rainha das orquídeas, a cattleya walkeriana é uma das orquídeas mais perfeitas disponíveis na natureza. Ela está disponível em algumas regiões do Brasil e é estimada por cultivadores do mundo inteiro, sendo que em alguns casos, pode custar mais de R$4000,00.
  2. Brasilorchis schunkena: como o nome já diz, o gênero da Brasilorchis é composto apenas por orquídeas nativas do Brasil, esse é uma orquídea muito popular, pois, suas flores são praticamente negras (na verdade um marrom tão escuro que parece ser preto).
  3. Cattleya purpurata: mais uma orquídea que o Brasil nos apresenta, essa orquídea é uma das mais famosas entre os cultivadores de cattleya, ela é epífita e possui um grande destaque por sua beleza. Ela floresce durante o verão e pode ser encontrada no sul e no sudeste do Brasil.
  4. Habernaria Repens: esse orquídea é um exemplo da diversidade de locais onde elas podem viver, a habernaria repens é encontrada principalmente no pântano flutuando. Muitos a consideram como uma orquídea aquática (seria a única no mundo), mas isso não é oficial.
  5. Isabelia violacea: John Lindley foi um dos principais responsáveis pela catalogação das orquídeas em todo o mundo e ele também esteve no Brasil. No ano de 1840, ela foi encontrada por esse botânico e em 2001, foi reclassificada para o seu gênero atual.
  6. Campylocentrum aromaticum: a campylocentrum aromaticum é uma orquídea Brasileira e Argentina, ela é pouco conhecida e suas flores são bem pequenas, mas aparecem aos montes. Essa orquídea foi encontrada no ano de 1907 por Barbosa Rodrigues e é uma espécie um pouco diferente das outras campylocentrum devido ao seu ovário pubescente. Pode ser encontrada em quase todas as regiões do sul e sudeste do Brasil.
  7. Catasetum barbatum: é uma orquídea na maioria das vezes epífita, mas também pode ser terrestres. Ela pode chegar até 70 centímetros de altura e é encontrada principalmente perto de rios. Suas flores são bastante abundantes, podendo aparecer mais de 12 a cada floração.
  8. Centroglossa macroceras: a centroglossa macroceras essa é uma micro orquídea brasileira, ela pode ser encontrada no sudeste do Brasil e aparece principalmente em regiões entre 400 e 1200 metros. Nos últimos 50 anos, essa orquídea sofreu muito com a destruição de seu habitat natural, sendo que no estado de São Paulo, local onde antes era encontrada facilmente, hoje está presumivelmente extinta.
  9. Leptopes bicolor: mais uma orquídea brasileira e argentina, ela é encontrada na Mata Atlântica em altitudes médias e suas flores chegam na primavera, durando em média 15 dias e nos presenteando com de 1 até 5 exemplares.
  10. Cattleya labiatatambém conhecida como a rainha do nordeste ou a rainha do sertão, essa foi a primeira cattleya a ser descoberta no Brasil, ela floresce entre os meses de novembro e abril e pode ser encontrada principalmente no nordeste. As duas maiores características dessa orquídea são o tamanho grande e o cheiro agradável de suas flores.

Essas foram apenas algumas das principais orquídeas no Brasil.

Nosso país é repleto de orquídeas interessantes que estão em todas as partes, mas especialmente na floresta amazônica e também na Mata Atlântica.

Orquídeas Raras

Raro

Existem diversos motivos que podem fazer uma orquídea ficar rara, alguns são bem interessantes e outros são um pouco tristes.

Por exemplo, em alguns casos, as orquídeas são raras, porque foram produzidas em laboratório e poucos exemplares foram criados.

Já em outros casos, isso ocorre quando uma planta foi encontrada poucas vezes na natureza e a sua multiplicação em massa não é possível.

Por último, uma orquídea se torna rara quando se está em extinção, se o ser humano devastou o seu habitat natural ou se foi por motivos naturais.

Abaixo estão algumas das principais espécies de orquídeas raras.

  1. Cattleya walkeriana feiticeira: sim, nós já falamos sobre a cattleya walkeriana, mas agora vamos falar especificamente sobre uma variedade dessa planta, a cattleya walkeriana feiticeira. Essa orquídea é rara, pois, só foram encontrados 1 exemplar dela na natureza e a sua reprodução em massa não foi possível até hoje. Exemplares dessa orquídea são vendidos por mais de R$1000,00 facilmente.
  2. Sophronitis coccinea amarela: a primeira vez que ouvi falar sobre essa orquídea foi no blog orquideasnoape, a sophronitis coccinea não é uma orquídea rara, mas o que faz ela estar na lista é uma espécie com a cor amarela, a cor amarela dessa planta é extremamente difícil de ser obtida, por ser extremamente recessiva.
  3. Bulbophyllum fletcherianum pearson: essa orquídea é muito curiosa e eu tenho certeza que você não vai querer cultivá-la. A grande diferença dessa planta em relação as demais é que ela é polinizada por moscas e besouros, por isso, possui um cheiro de lixo (um cheiro forte). Ela é encontrada apenas na Nova Guiné e pode dar até 30 flores.
  4. Plantanthera Azoica: uma das orquídeas mais raras do mundo, a plantanthera azoica é a orquídea borboleta de Hochstetter, atualmente só existem 250 exemplares dessa planta, sendo que todas elas estão muito próximas na ilha de São Jorge. O que torna essa planta rara é o seu número de exemplares e também a sua limitação em relação ao ambiente, pois, são encontradas em apenas 1 lugar.
  5. Shenzhen Nongke: agora vamos falar sobre a orquídea mais cara do mundo, a Shenzhen Nongke, essa é uma orquídea produzida artificialmente por um grupo chinês. A grande diferença dessa orquídea é que ela além de ser produzida artificialmente, demorou 8 anos para ser feita. A shenzhen Nongke custou 202.000 dólares.

Essas são apenas algumas das várias orquídeas raras no mundo.

Muitas dessas são inviáveis para se cultivar, pois, não podem ser encontradas a venda e você não deve retirá-las da natureza.

Mas a walkeriana feiticeira pode ser encontrada em leilões (normalmente seu preço é muito elevado).

Conclusão – Espécies De Orquídeas

Orquídea-amarela-e-vermelha

Como você pode ver, existem milhares de espécies de orquídeas e cada uma têm a sua característica peculiar.

As orquídeas são plantas muito bem desenvolvidas e que conseguiram se adaptar com o passar dos anos.

Anúncios

Publicado por manualdasorquídeas

Dicas sobre criação de orquídeas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: